.posts recentes

. DO OUTRO LADO DO ESPELHO

. Acreditar na vida...!

. A Escola

. Para reflectir...

. Saudade...

. Qual é a tua graça?

. Estou de volta!

. ...

. Saudade...!

. Voltei!!

.arquivos

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

Terça-feira, 18 de Abril de 2006

DO OUTRO LADO DO ESPELHO

Entrei,
E vi a verdade nua e crua.
A cor do medo,
A fúria da vitória
Empurrando-me para a frente.
Gritei e ouvi o eco do meu grito
Abanar o mundo e sacudir as estrelas.
Ergui os meus braços para a noite escura,
Ainda mais clara que a minha alma,
E chorei de alívio e raiva
Por me livrar da minha inocência.
Castiguei as minhas perguntas,
Respondendo-lhes...
E senti a chuva purificar-me até aos ossos.
Senti vontade de explodir,
De me desintegrar em mil pedaços,
Que formariam depois uma pessoa qualquer!
Dancei com o meu medo
E lutei contra a minha sorte.
Fechei os olhos e quando os abri...
Já não tinha mais alma!...
Ela anda perdida por aí...
Cinzenta e solúvel como o nevoeiro,
Soando tão só como o toque dos sinos de madrugada.
Deixou de ser minha prisioneira,
Escrava dos meus complexos e receios
E advogada dos meus sonhos e sentimentos.
Está livre e solta... Forasteira e escorraçada,
Como se tivesse raça, cor ou sexo.
De canto para canto,
Ignorando a verdade que eu vi e conheço.
Trocamos de lugar...
Sou eu que estou do outro lado do espelho, agora.

 

by: Hugo Emanuel dos Santos Faria



.Um Pouco de Mim...

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.as minhas fotos

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds